quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Evangelho de hoje

Verde. 5ª-feira da 29ª Semana Tempo Comum  

Evangelho - Lc 12,49-53
Não vim trazer a paz mas a divisão.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 12,49-53
Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: 49Eu vim para lançar fogo sobre a terra, e como gostaria que já estivesse aceso! 50Devo receber um batismo, e como estou ansioso até que isto se cumpra! 51Vós pensais que eu vim trazer a paz sobre a terra? Pelo contrário, eu vos digo, vim trazer divisão. 52Pois, daqui em diante, numa família de cinco pessoas, três ficarão divididas contra duas e duas contra três; 53ficarão divididos: o pai contra o filho e o filho contra o pai; a mãe contra a filha e a filha contra a mãe; a sogra contra a nora e a nora contra a sogra.' Palavra da Salvação.

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Carta aos Devotos de São Félix

 Querido (a) Benfeitor
         A nossa Paróquia de São Félix de Cantalício tem a alegria de vir até você e partilhar as alegrias que Deus Nosso Senhor nos tem proporcionado com a reforma da nossa igreja Matriz de São Félix. Ao longo dos últimos quatro anos conseguimos reformar o telhado, o reboco externo e interno, o presbitério; adaptamos as sacristias para secretaria e estamos preparando uma capela para o Santíssimo e construindo sanitários para melhor servir ao povo de Deus nessa paróquia. No entando sabemos que a obra de Deus precisa de ajuda por isso vimos, mais uma vez, pedir sua colaboração.


"Pedi e vos será dado! Procurai e achareis! Batei e a porta vos será aberta! Pois todo aquele que pede recebe; quem procura encontra; e a quem bate a porta será aberta. Quem de vós dá ao filho uma pedra, quando ele pede um pão? Ou lhe dá uma cobra, quando ele pede um peixe? Ora, se vós, que sois maus, sabeis dar coisas boas a vossos filhos, quanto mais vosso Pai que está nos céus dará coisas boas aos que lhe pedirem! Tudo quanto quereis que os outros vos façam, fazei também a eles. Nisto consiste a Lei e os Profetas". (Mt 7, 7-12)

Seja um multiplicador da devoção a São Félix de Cantalício!

Faça seu pedido de oração para sua necessidade e nos envie.
Nós estaremos apresentando ao Senhor, pela intercessão de São Félix de Cantalício, todos os pedidos que chegarem, na missa do último domingo de cada mês.
Envie para nós seu pedido por carta para o endereço:
Paróquia São Félix de Cantalício
Praça 31 de março, 131
Centro
Pacatuba/SE

Ou por e-mail

Visite nosso blog

*  Doação a ser DEPOSITADA como ajuda na reforma da Igreja Matriz de São Félix de Cantalício em Pacatuba/SE.
Banco do Brasil
Agência: 3748-6
Conta Poupança: 010.005.107-3

*  Pedimos que nos envie uma cópia do comprovante de depósito.
                                                      
Pe. Fábio Silva Pereira
Pároco

domingo, 9 de outubro de 2011

Evangelho de hoje


  • Verde. 28º DOMINGO Tempo Comum 

PDF Imprimir Indique um amigo!
Evangelho - Mt 22,1-14
Convidai para a festa todos os que encontrardes.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 22,1-14
Naquele tempo:Jesus voltou a falar em parábolasaos sumos sacerdotes e aos anciãos do povo,2dizendo: 'O Reino dos Céus é como a história do reique preparou a festa de casamento do seu filho.3E mandou os seus empregadospara chamar os convidados para a festa,mas estes não quiseram vir.4O rei mandou outros empregados, dizendo:`Dizei aos convidados: já preparei o banquete,os bois e os animais cevados já foram abatidose tudo está pronto. Vinde para a festa!'5Mas os convidados não deram a menor atenção:um foi para o seu campo, outro para os seus negócios,6outros agarraram os empregados,bateram neles e os mataram.7O rei ficou indignado e mandou suas tropas para mataraqueles assassinos e incendiar a cidade deles.8Em seguida, o rei disse aos empregados:`A festa de casamento está pronta,mas os convidados não foram dignos dela.9Portanto, ide até às encruzilhadas dos caminhose convidai para a festa todos os que encontrardes.'10Então os empregados saíram pelos caminhose reuniram todos os que encontraram, maus e bons.E a sala da festa ficou cheia de convidados.11Quando o rei entrou para ver os convidados, observouali um homem que não estava usando traje de festa12e perguntou-lhe: `Amigo,como entraste aqui sem o traje de festa?'Mas o homem nada respondeu.13Então o rei disse aos que serviam:`Amarrai os pés e as mãos desse homeme jogai-o fora, na escuridão!Ali haverá choro e ranger de dentes'.14Por que muitos são chamados, e poucos são escolhidos.'Palavra da Salvação.

sábado, 8 de outubro de 2011

Nosso padroeiro

São Félix de Cantalício - religioso
O Santo das ruas de Roma, assim foi chamado São Félix de Cantalício, capuchinho. Nascido no minúsculo centro agrícola de Cantalício (Rieti) em 1515, Félix Porro, de Santo e Santa. Entrou para os capuchinhos nos fins de 1543 e início de 1544 e, completo o ano de noviciado no convento de Antícoli (hoje Foggia), a 18 de maio de 1545 emitiu a profissão dos votos religiosos no conventinho de Monte São João, onde ainda hoje se conserva o seu testamento escrito a 12 de abril de 1545. Ele pertence à primeira geração dos Capuchinhos. Félix se fez frade logo depois da saída de Bernardino Ochino (maio de 1542), quando os pobres capuchinhos foram incriminados publicamente como hereges, e tudo fazia crer que seriam supressos. Convidado por um seu primo agostiniano a segui-lo passando para a sua ordem, Frei Félix respondeu que, se não pudesse continuar sendo frade capuchinho, preferiria permanecer no mundo. Não obstante as perseguições e calúnias a Reforma Capuchinha era altamente estimada.
Parece supérfluo recordar aqui toda uma série de anedotas pitorescas que caracterizam a vida de Frei Félix de Cantalício. Era admirado por todos, inclusive cardeais e papas. Certa vez, em Trindade dos Montes, o papa Sisto V encontra Frei Félix e pede-lhe um pão. O esmoler procura no alforge, a fim de escolher o melhor. "Não escolhas, Frei Félix, dá-me aquele que pegar primeiro". E saiu um pão duro e negro. "Santo Padre, não foi de propósito; tenha paciência e lembra-te que ainda és frade". Sisto V, querendo abreviar os tempos da canonização de Frei Félix, se dizia pronto a confirmar o processo com juramento.
Das coisas maravilhosas atribuídas a Frei Félix ainda vivo, testemunhará quase só gente estranha à Ordem: os frades, ou as ignoravam ou não julgavam oportuno recontá-las. Mas se da vida de Frei Félix se tiram as anedotas, os ditos ingênuos, os milagres e as profecias, bem pouca coisa restaria para ser contada. De fato, depois de ter passado os primeiros quatro anos da sua vida religiosa nos conventos de Antícoli, Monte São João, Tívoli e Palanzana (Viterbo), passou o resto de seus dias em Roma (1547/1587) onde, diariamente, mendigou antes o pão (até 1572) e depois, até à morte, vinho e óleo para os seus frades. Os Capuchinhos que viveram dia a dia com ele, o tinham como um bom religioso como tantos outros, e por isso ficaram apavorados quando viram a interminável procissão de gente que acorria para venerar o seu cadáver e que juntamente com o para Sisto V proclamava os seus milagres e a sua santidade.
Frei Félix levou à perfeição aquilo que as constituições prescreviam, não servilmente mas na liberdade do seu carisma, vivendo no convento principal da ordem, em Roma, sede do vigário Geral. Muitos frades ilustres o conheceram especialmente por ocasião dos capítulos gerais.
O povo de Roma o tinha em alta estima e venerava-o com o mesmo carinho com que venerava outro grande santo daquela época, São Felipe Néri. Entre os dois surgiram competições de humildade: um, em público, bebia da garrafa do fradinho; outro levava pela cidade o barrete do Padre. Cada um queria ajoelhar-se diante do outro mas nenhum deles cedia. Acabavam por se abraçar e, levantando-se, separavam-se em silêncio. Era tão forte e sublime aquela amizade que, para se identificarem com Cristo, se auguravam as penas mais atrozes. Um dizia: "que eu te possa ver queimado vivo"; outro dizia: "que eu te possa ver retalhado em quatro". E assim por diante.

Seria necessário conhecer melhor o influxo (não oficial, mas carismático e real) por ele exercido na vida e na história da Ordem Capuchinha, no campo da perfeição religiosa e da santidade. Não falta material para descobrir os canais e as formas de tal influxo. Basta ver a grande difusão das suas imagens, relíquias, culto, fórmulas particulares de oração e, aquilo que mais conta, o empenho de imitá-lo especialmente da parte dos irmãos não clérigos Capuchinhos, alguns dos quais estão numerados nas listas dos beatos e santos. É certo que, entre os Capuchinhos, Frei Félix de Cantalício foi o Santo mais amado e seguido como modelo: em 1650, entre os 11.000 Capuchinhos da Itália, 277 se chamavam Félix e, até 1966, o necrológio da Província de Roma registra 217 frades que tinham o mesmo nome, Félix.
Entretanto, os 72 anos já lhe pesam. Ansiava ardentemente a paz do céu. Neste sentido fizera saber aos frades de que a sua partida não tardaria muito. Há oito anos que sofria horrivelmente dos intestinos, cujas dores se agravaram em 1587. Eis a conclusão de uma inocentíssima vida. Eram 11 horas da noite, do segundo dia de Pentecostes, 18 de maio de 1587. Toda cidade de Roma compareceu aos funerais. Os milagres multiplicaram-se sobre o seu sepulcro.
Urbano VIII inscreveu-o entre os beatos a 1o. de outubro de 1625. Clemente XI o declarou santo a 22 de maio de 1712.
 
(Frei Eurípedes Otoni da Silva - OFMCap.)
 
Oração: 

Ò Deus, que destes à família seráfica e à Igreja São Félix, exemplo de simplicidade evangélica e de inocência de vida, concedei que, seguindo os seus passos, cuidamos de amar somente a Cristo e de segui-lo com alegria. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, Nosso Irmão, na unidade do Espírito Santo. Amém.

Evangelho de hoje


  • Verde. Sábado da 27ª Semana Tempo Comum 

PDF Imprimir Indique um amigo!
Evangelho - Lc 11,27-28
Feliz o ventre que te trouxe.
Muito mais felizes são aqueles que ouvem a palavra de Deus.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 11,27-28
Naquele tempo: 
27Enquanto Jesus falava, 
uma mulher levantou a voz no meio da multidão e lhe disse: 
'Feliz o ventre que te trouxe 
e os seios que te amamentaram.' 
28Jesus respondeu: 
'Muito mais felizes são aqueles que ouvem a palavra de Deus 
e a põem em prática.' 
Palavra da Salvação. 

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Evangelho de hoje


  • Branco. Nossa Senhora do Rosário, Memória
PDF Imprimir Indique um amigo!
Evangelho - Lc 1,26-38
Eis que conceberás e darás à luz um filho.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 1,26-38
Naquele tempo:26O anjo Gabriel foi enviado por Deusa uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré,27a uma virgem, prometida em casamentoa um homem chamado José.Ele era descendente de Davie o nome da virgem era Maria28O anjo entrou onde ela estava e disse:'Alegra-te, cheia de graça, o Senhor está contigo!'29Maria ficou perturbada com estas palavras e começou apensar qual seria o significado da saudação.30O anjo, então, disse-lhe:'Não tenhas medo, Maria,porque encontraste graça diante de Deus.31Eis que conceberás e darás à luz um filho,a quem porás o nome de Jesus.32Ele será grande, será chamado Filho do Altíssimo,e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi.33Ele reinará para sempre sobre os descendentes de Jacó,e o seu reino não terá fim'.34Maria perguntou ao anjo:'Como acontecerá isso,se eu não conheço homem algum?'35O anjo respondeu:'O Espírito virá sobre ti,e o poder do Altissimo te cobrirá com sua sombra.Por isso, o menino que vai nascerserá chamado Santo, Filho de Deus.36Também Isabel, tua parenta,concebeu um filho na velhice.Este já é o sexto mêsdaquela que era considerada estéril,37porque para Deus nada é impossível'.38Maria, então, disse:'Eis aqui a serva do Senhor;faça-se em mim segundo a tua palavra!'E o anjo retirou-se.Palavra da Salvação.

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Novenário de São Félix 2011

Pessoal estamos preparando a novena do nosso padroeiro, São Félix de Cantalício e desde já quero convidá-los para participar desta novena.
Teremos levantamento do mastro, quermece, novena todas as noites a partir do dia 11/11, participação do nosso bispo diocesano, de vários padres e muito mais.
aguardem!!!

Nossa Senhora do Rosário


NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO, ROGAI POR NÓS


Oração a Nossa Senhora do Rosário


Nossa Senhora do Rosário, dai a todos os cristãos a graça de compreender a grandiosidade da devoção do santo rosário, na qual, à recitação da Ave Maria se junta a profunda meditação dos santos mistérios da vida, morte e ressurreição de   Jesus, vosso Filho e nosso Redentor.

São Domingos, apóstolo do rosário, acompanhai-nos com a vossa bênção, na recitação do terço, para que, por meio desta devoção a Maria, cheguemos mais depressa a Jesus, e como na batalha de Lepanto, Nossa Senhora do Rosário nos leve a vitória em todas as lutas da vida; por seu Filho, Jesus Cristo, na unidade do Pai e do Espírito Santo. Amém.



Nossa Senhora do Rosário (ou Nossa Senhora do Santo Rosário ou Nossa Senhora do Santíssimo Rosário) é o título recebido pela aparição mariana a São Domingos de Gusmão, em 1208, na igreja de Prouille, em que Maria dá o rosário a ele.
Em agradecimento pela vitória da Batalha de MuretSimon de Montfort construiu o primeiro santuário dedicado a Nossa Senhora da Vitória. Em 1572Papa Pio V instituiu "Nossa Senhora da Vitória" como uma festa litúrgica para comemorar a vitória da Batalha de Lepanto. A vitória foi atribuída a Nossa Senhora por ter sido feita uma procissão do rosário naquele dia na Praça de São Pedro, em Roma, para o sucesso da missão da Liga Santa contra os turcos otomanos no oeste da Europa. Em 1573Papa Gregório XIII mudou o título da comemoração para "Festa do Santo Rosário" e esta festa foi estendida pelo Papa Clemente XII à Igreja Universal. Após as reformas do Concílio Vaticano Segundo a festa foi renomeada para Nossa Senhora do Rosário. A festa tem a classificação litúrgica de memória universal e é comemorada dia 7 de outubro, aniversário da batalha.

sábado, 1 de outubro de 2011

I Arrastão da Bíblia

Pessoal, o primeiro Arrastão da Bíblia passou e foi uma maravilha. Ao menos no que diz respeito à participação de pessoas, animação da Banda Puro Louvor. A parceiria da Próquia com as Secretarias de Ação Social e Cultura bem como com o CRAS surtiu efeito e muitos jovens, adolescentes, crianças, adultos e até o grupo da melhor idade esteve presente e fizeram a festa. O arrastão saiu às 17h e só terminou por volta das 19:30h e o povo querendo mais.
As fotos nosajudam a entender um pouco do que foi o evento.
Valeu povo de Pacatuba!!!