quinta-feira, 31 de março de 2011

Pastoral da Juventude hoje


Quem se identifica com a PJ consegue fazer a experiência de um Deus vivo

A Pastoral da Juventude tem uma história, uma espiritualidade e uma beleza que marcam as vidas de muitos jovens e muitas jovens. Nossa proposta não arrasta multidões e nem aglomera milhões de jovens, mas os poucos que se identificam conseguem fazer através do nosso jeito de ser Igreja uma experiência de um Deus vivo que nos dá a alegria de viver e de construir o Reino de Deus aqui e agora.

Não é fácil ser e fazer pastoral nos dias de hoje, porque enquanto a sociedade prega o individualismo, o consumismo e o prazer momentâneo, nós estamos buscando a construção da tão sonhada civilização do amor, onde o ser humano seja tratado com justiça e com respeito, onde não haja espaço para a solidão e nem para o isolamento e acima de tudo onde cada um e cada uma possa fazer a experiência do encontro pessoal com Jesus Cristo e sabemos que este encontro não acontece de forma tão rápida, por essa razão continuamos acreditando no caminho do processo de educação na fé.

Sabemos que em tudo que fazemos encontramos dificuldades, mas elas jamais poderão abafar ou matar a nossa utopia e a nossa esperança. Não deixem de acreditar no novo, de acreditar na juventude, reconheçam os desafios, mas se alegrem com as luzes, com as sementes boas e com a terra que pode dar frutos.

Hildete Emanuele
Secretária Nacional da Pastoral da Juventude (2008-2010)

Decisão de Fux muda o rumo político no país!

Caros amigos de todo Brasil, 



A Ficha Limpa foi derrubada pelo STF: agora ela não será válida até 2012. O Ministro Luiz Fux desempatou a decisão com um voto inesperado que irá liberar os corruptos barrados a assumirem seus cargos! Vamos dizer para ele o que os brasileiros pensam deste voto -- mostrando que trair o povo tem um custo político alto.Clique aqui para enviar uma mensagem para o Ministro Fux :

Sign the petition!
O STF decidiu ontem: a Ficha Limpa só será válida para 2012. 

O Ministro Luiz Fux quebrou todas as expectativas e frustrou a sociedade brasileira ao dar o voto do desempate que liberou os corruptos barrados a assumirem seus postos no Congresso Nacional. Ao ser apontado para o STF, o Ministro Fux elogiou a Ficha Limpa dizendo que ela “conspira a favor da moralidade”. Somente ontem ficamos sabendo do seu verdadeiro posicionamento. 

O voto do Ministro Fux significa que corruptos famosos como Jader Barbalho, João Capiberibe e Cássio Cunha Lima irão assumir seus cargos. É um tapa na cara da sociedade brasileira que lutou árduamente pela aprovação da Ficha Limpa. 

Vamos dizer para o Ministro Luiz Fux o que pensamos, clique abaixo para enviar uma mensagem para ele: 

http://www.avaaz.org/po/mensagens_luiz_fux/?vl 

Cinco Ministros do STF, o Ministério Público Federal e o Tribunal Superior Eleitoral, todos analisaram a Ficha Limpa e concordaram que a sua validade para 2010 é plenamente constitucional. Até a Ministro Fux ser apontado havia um empate de 5 juízes contra e 5 a favor da validade da Ficha Limpa para 2010. Ele deveria ter quebrado o empate favorecendo o povo brasileiro, não os interesses dos corruptos. 

Brasileiros de todos os cantos do país se uniram em uma escala fenomenal e lutaram bravamente para aprovar a Ficha Limpa. No começo poucos acreditavam que ela seria aprovada, mas juntos nós pressionamos os deputados durante todo o trâmite da lei no Congresso, garantindo que a Ficha Limpa finalmente se tornasse lei. E nós vencemos. Mais de 2 milhões de nós fizemos isto acontecer. O entusiasmo pela aprovação da Ficha Limpa tomou conta da mídia e da sociedade, simbolizando uma nova era na política brasileira. 

O Ministro Luiz Fux foi bem recebido pelos grupos da sociedade civil como um “apoiador da Ficha Limpa” porém ontem, ele decepcionou a todos nós. Há pouco que podemos fazer para reverter a decisão do STF, mas vamos inundar os emails do Ministro Fux com mensagens de todo o Brasil, mostrando a nossa indignação. Clique abaixo para enviar a sua: 

http://www.avaaz.org/po/mensagens_luiz_fux/?vl 

Este não é o fim desta história, ainda temos um longo caminho a percorrer para consertar a política brasileira, acabar com a impunidade e finalmente ter políticos decentes nas urnas. Não será fácil, mas este é um movimento do povo brasileiro e com determinação, nós temos o poder de gerar as mudanças a longo prazo que o nosso país tanto merece. 

Com esperança, 

Alice, Graziela, Ben, Laura, Milena, Pascal, Ricken e toda a equipe Avaaz 

Leia mais: 

Fichas-sujas comemoram decisão do STF:
http://ultimosegundo.ig.com.br/politica/fichassujas+comemoram+decisao+do+stf/n1238187815196.html 

Fux vota pela validade da Lei da Ficha Limpa só em 2012:
http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI5024770-EI7896,00-Fux+vota+contra+Ficha+Limpa+em+lei+pode+valer+so+em.html 

Ficha Limpa: Voto de Minerva do ministro Luiz Fux recebe críticas no meio jurídico:
http://oglobo.globo.com/pais/mat/2011/03/23/ficha-limpa-voto-de-minerva-do-ministro-luiz-fux-recebe-criticas-no-meio-juridico-924075303.asp 

Veja quem pode ganhar vaga no Congresso após decisão do STF:
http://g1.globo.com/politica/noticia/2011/03/veja-quem-pode-ganhar-vaga-no-congresso-apos-decisao-do-stf.html 

Presidente da OAB diz que voto de Fux 'frustra sociedade':
http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI5025086-EI7896,00-Presidente+da+OAB+diz+que+voto+de+Fux+frustra+sociedade.html 

Validade da Ficha Limpa em 2010 é um 'acerto', diz procurador:
http://www1.folha.uol.com.br/poder/892859-validade-da-ficha-limpa-em-2010-e-um-acerto-diz-procurador.shtml 

Eles estão de volta: Jader, Cunha Lima e os Capiberibes:
http://oglobo.globo.com/pais/noblat/posts/2011/03/23/eles-estao-de-volta-jader-cunha-lima-os-capiberibes-370720.asp 

Decisão do STF abre as portas do Congresso para condenados por corrupção:
http://noticias.terra.com.br/mundo/noticias/0,,OI5026374-EI294,00-Decisao+do+STF+abre+as+portas+do+Congresso+para+condenados+por+corrupcao.html 


Apoie a comunidade da Avaaz! Nós somos totalmente sustentados por doações de indivíduos, não aceitamos financiamento de governos ou empresas. Nossa equipe dedicada garante que até as menores doações sejam bem aproveitadas -- clique para doar.




A Avaaz é uma rede de campanhas globais de 5,6 milhões de pessoas
 que se mobiliza para garantir que os valores e visões da sociedade civil global influenciem questões políticas internacionais. ("Avaaz" significa "voz" e "canção" em várias línguas). Membros da Avaaz vivem em todos os países do planeta e a nossa equipe está espalhada em 13 países de 4 continentes, operando em 14 línguas. Saiba mais sobre as nossas campanhas aqui, nos siga no Facebook ou Twitter.

Esta mensagem foi enviada para fabiorusso7@hotmail.com. Para mudar o seu email, língua ou outras informações, envie um email para info [@]t avaaz.org. Não quer mais receber nossos alertas? Clique aqui para remover o seu email.

Para entrar em contato com a Avaaz, não responda este email, escreva para nós no link www.avaaz.org/po/contact.

Ói nóis de novo!!

Neste sábado dia 02 de abril a turma "Tô Nessa!" sai às ruas de nossa cidade mais uma vez para ajudar na reforma de nossa Igreja Matriz. Irão vender os bilhetes restantes da rifa que tem como prêmios: um ventilador, um box de banheiro, um liquidificador e uma motocicleta.
ajude, adquira seu bilhete e participe desta obra!!!
eis a turma:

Mais um assessor nacional para a Juventude!!

Setor Juventude tem mais um Assessor Nacional


Padre Toninho: novo assessor nacional da juventude junto com padre Sávio
Caros irmãos e irmãs,
Leigos, Religiosos, Sacerdotes, Bispos:
lideranças apaixonadas e servidoras da juventude!

Na Solenidade da Anunciação, eis que lhes anuncio uma ótima notícia vinda do amor de Deus por nós: temos mais um Assessor Nacional no Setor Juventude da CNBB!
A demanda de trabalho cresceu assustadoramente nesses últimos anos. O próprio Pe. Gisley, de saudosa memória, já estava convencido da urgência de se ter mais um assessor no quadro nacional para acompanhamento dos jovens. A opção afetiva e efetiva por parte do episcopado com a aprovação do precioso Documento 85 – Evangelização da Juventude, desafios e perspectivas pastorais – desencadeou uma série de compromissos e, consequentemente, a necessidade de uma melhor articulação e mais presença nas diversas instâncias de evangelização.
As necessidades históricas e singulares das pastorais da juventude, a aproximação com os movimentos e novas comunidades, o trabalho conjunto com outras pastorais afins, o crescimento da organização do Setor Juventude nas dioceses foram exigindo presença mais constante e qualificada da CNBB. Além disso, a grande probabilidade de a Jornada Mundial da Juventude acontecer proximamente no Brasil, fez com que uma série de iniciativas já fosse pensada e iniciada.
Depois de vários meses de oração e discernimento, a Comissão do Laicato – Setor Juventude apresentou à Presidência da CNBB o seu parecer que, após analisado, foi acolhido. Assim sendo, foi aprovado, no último dia 24 de março, o nome deste segundo Assessor Nacional para ocupar o lugar que estava vazio desde maio do ano passado.
Pe. Antônio Ramos do Prado, que já vinha trabalhando conosco em nível nacional, mais conhecido por ‘Pe. Toninho’, acaba de ser nomeado Assessor Nacional para contribuir, junto ao Pe. Sávio, com a Evangelização da Juventude em nível nacional, em nome da CNBB. Com sua simpatia, experiência, capacitação técnica, conhecimento da realidade juvenil brasileira, criatividade e carisma salesiano, Pe. Toninho se coloca à disposição da nossa Igreja e deseja servi-la em tudo o que o Setor Juventude necessitar, principalmente naquilo que se refere às pastorais da juventude. Um pouco de sua vida e seu dinamismo pastoral se encontra no currículo anexo.
‘Alegra-te, Setor Juventude, o Senhor está contigo!’
‘Não tenhas medo, Pe. Toninho, porque encontraste graça diante de Deus! Eis que conceberás um precioso trabalho no meio da juventude!’ Obrigado por nos responder ‘com e como Maria’: ‘Eis aqui a serva do Senhor: faça-se em mim segundo a tua palavra!’
Brasília, 25 de Março de 2011
Solenidade da Anunciação do Senhor

+ Eduardo Pinheiro da Silva, sdb
Bispo referencial do Setor Juventude da CNBB
Pe. Carlos Sávio da Costa Ribeiro
Assessor Nacional do Setor Juventude da CNBB


-- 
___________
Raquel Pulita Andrade Silva
MSN: rpulita@hotmail.com
E-mail: rp0706@gmail.com
Skype: raquel.pulita1
"É a praia se encontrando com a montanha; é o calor se encontrando com o frio; é a poesia se encontrando com a sabedoria alegre da ironia." (Dick, em 22/08/10)

O jovem faz a diferença!!!!

Estudantes já podem se inscrever no Parlamento Jovem Brasileiro 2011


Projeto da Câmara dos Deputados recebe em setembro estudantes de todos os estados do Brasil. Programa propõe vivência do processo legislativo.

A Câmara lançou na última quinta-feira (24/03) a 8ª edição do programa Parlamento Jovem Brasileiro (PJB). O PJB é uma oportunidade para que estudantes possam simular, durante cinco dias, a jornada de trabalho de deputados federais. Participaram da cerimônia de lançamento professores que coordenam a iniciativa nos estados e deputados que integram a Comissão Executiva do PJB.

A partir da experiência da imersão parlamentar, os jovens criam projetos de lei que passam por simulação de todas as etapas do processo legislativo. Projetos de relevância já foram apresentados e alguns inclusive aproveitados por deputados para criar novas proposições. Os responsáveis pela organização do Parlamento Jovem na Câmara são o Centro de Formação, Treinamento e Aperfeiçoamento (Cefor) e a Coordenação de Relações Públicas (Corep).

Como participar

Para participar do programa, o estudante deve estar matriculado no 2º ou 3º ano do Ensino Médio de escolas públicas ou particulares, ter entre 16 e 22 anos e não ter participado de outra edição do PJB. As inscrições podem ser feitas até o dia 20 de junho. O aluno deve preencher a ficha de inscrição , anexar o Projeto de Lei de sua autoria e entregar estes documentos na sua escola para que sejam encaminhados ao coordenador do programa no Estado. Em 2011, o PJB não terá tema específico e caso o aluno tenha dúvidas de como elaborar um Projeto de Lei, a página do PJB oferece um tutorial .
As secretarias estaduais de Educação devem enviar as inscrições e os projetos para a sede do Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed) em Brasília. O Conselho é responsável por encaminhar esses projetos à Câmara, onde uma comissão formada por servidores da área legislativa irá selecionar os participantes.
O resultado final será divulgado no dia 10 de agosto de 2011, na página Parlamento Jovem. O programa acontece entre 26 e 30 de setembro e vai reunir 78 estudantes de todos os estados do Brasil. Desde 2004, 546 jovens parlamentares participaram do programa.

Participação Popular

O deputado Jean Willis (Psol-RJ) é um dos parlamentares que compõem a Comissão Executiva do PJB e se mostrou estusiasmado pela iniciativa. “O grande impacto do PJB é a devolução do prazer de participar da política e da construção da coisa pública. O programa também contribui para acabar com o preconceito de que a política se faz com sujeira e corrupção”, avaliou.

Também integrante da comissão, a deputada Professora Dorinha (DEM-TO) reforçou o coro sobre a distorção que a política sofre por parte da opinião pública. “Se não conseguirmos sensibilizar a juventude para a importância da política e do Parlamento, os espaços serão ocupados por gente que não tem compromisso com o interesse público”, declarou a deputada.
Exemplo do resultado positivo de programas de participação popular junto a instituições públicas é a trajetória do deputado Luiz Fernando Machado (PSDB-SP). Egresso do movimento estudantil paulista, ele participou, em 2004, do programa Estágio Visita, também coordenado pela Câmara dos Deputados.

Encantado com as possibilidades de transformação da sociedade oferecidas pelo poder público, Luiz Fernando se tornou vereador, vice-prefeito de Jundiaí e, na última eleição, conquistou uma cadeira de deputado federal com 129.620 votos. Hoje, o deputado é um dos integrantes da Comissão Executiva do Parlamento Jovem Brasileiro. “Ainda guardo a pastinha azul que ganhei aqui do Cefor. Fico sensibilizado com o empenho dos servidores da Casa que organizam essa importante contribuição à formação cidadã de nossos jovens”, observou.

Serviço 
Programa Parlamento Jovem Brasileiro 2011
Inscrições: até 20 de junho / ficha de inscrição 
Resultado: 10 de agosto
Visitação: 26 a 30 de setembro
Mais informações: (61) 3216-7618


Espiritualidade: triduo pascal

Teologia e Espiritualidade do Tríduo Pascal
Terça, 14 Abril 2009 22:33


Ritos de Quinta-feira Santa darão início ao ciclo de celebraçãos mais importantes no calendário da Igreja
Entre todas as semanas do ano, a mais importante para os cristãos é a Semana Maior, que foi santificada pelos acontecimentos que a liturgia celebra, da Paixão, Morte e Ressurreição do Senhor – o Mistério Pascal.
A peregrina do séc. V, Eteria, começa a sua relação da semana santa em Jerusalém escrevendo: «O dia seguinte, domingo, é o começo da semana da Páscoa ou Semana Maior, como a chamam aqui».
De facto, esta semana é o coração e o centro de toda a liturgia anual, nela se celebra o mistério da redenção, o grande sinal do amor de Deus salvador. «A Páscoa é o cume», assim resume esta festa um escritor dos primeiros séculos.
O cristão entra nesta Semana com o espírito de paz interior e recolhimento. A Quaresma foi um tempo de trabalho, disciplina, conversão, cerimónias penitenciais, agora chegou o tempo de descansar na Paixão de Cristo. «Deus amou tanto o mundo que lhe deu o Seu Filho Unigénito» (Jo. 3, 16). Toda a Paixão é sinal do amor de Deus, tornado visível em Jesus Cristo.
A devoção da Semana Santa nasceu da piedade dos primeiros cristãos de Jerusalém, onde Jesus sofreu a sua paixão. Por isso, desde os primeiros séculos, Jerusalém tornou-se lugar de peregrinações para os cristãos que gostavam de visitar os lugares da paixão. Nós participamos nos mistérios de Cristo não apenas com o sentimento ou imaginação, mas antes de tudo com a fé.
2 – O tríduo pascal começa com a missa vespertina da ceia do Senhor, em Quinta-Feira Santa, alcança o seu apogeu na vigília pascal e termina com as vésperas do domingo de Páscoa. Todo este espaço de tempo forma uma unidade que inclui os sofrimentos e a glória da ressurreição. O bispo de Milão, Santo Ambrósio, refere nos seus escritos os «três santos dias» e o bispo de Hipona, Santo Agostinho, nas suas cartas chama-os «os três sacratíssimos dias da Crucifixão, sepultura e ressurreição de Cristo».
A Quinta-Feira Santa está marcada pela instituição da Escritura, «verdadeiro sacrifício vespertino» (cf. 141, 2). O ritual proíbe a celebração da eucaristia sem fiéis e recomenda a concelebração, que confere à cerimónia litúrgica uma nota de eclesialidade eucarística e de unidade entre eucaristia e sacerdócio. A cerimónia sugestiva e humilde do Lava-Pés orienta-se também para a Eucaristia.
Os textos litúrgicos mostram a entrega de Jesus Cristo para a salvação da humanidade. Jesus celebra a Páscoa judia mas oferece o seu corpo e sangue em lugar do cordeiro imolado no Templo, para selar a Nova Aliança. O Lava-Pés é sinal do «amor até ao fim» (Jo. 13, 1). A transladação solene do Santíssimo Sacramento, é um sinal de continuidade entre o sacrifício e a adoração da presença sacramental.
A Sexta-feira Santa da Paixão do Senhor é constituída por uma liturgia austera e sóbria. O centro da celebração é uma «sinaxis» (assembleia litúrgica) não eucarística que na liturgia antiga se chamava «missa dos presantificados». Os paramentos são vermelhos e a liturgia desenvolve-se em três momentos – a liturgia da Palavra, com a leitura do IV cântico do poema do Servo de Deus (Is. 52, 13), a carta aos Hebreus com a passagem do Sumo Sacerdote «causa de salvação para os que lhe obedecem» (Heb. 4, 14), e a Paixão segundo São João, o teólogo místico que vê na cruz a exaltação de Cristo. Às leituras segue-se a oração universal; - a adoração da cruz com a antífona de origem bizantina «adoramos Senhor a vossa cruz… pelo madeiro veio a alegria a todo o mundo» e os impropérios nos quais Jesus reprova a ingratidão do seu povo; - a comunhão com o Pão eucarístico consagrado na tarde de quinta feira santa. A piedade popular gosta de participar na procissão do Enterro do Senhor e comove-se com a presença da Senhora da Soledade acompanhando o seu Filho morto.
A Sexta-feira é um dia de intenso luto e dor mas iluminado pela esperança cristã. A devoção à Paixão do Senhor está fortemente arreigada na piedade cristã. A peregrina Eteria, ao descrever as cerimónias em Jerusalém, por volta do ano 400, diz: «dificilmente podeis acreditar que toda a gente, velhos e jovens, chorem durante essas três horas, pensando no muito que o Senhor sofreu por nós».
A Igreja apresenta grande austeridade, nada distrai o nosso olhar do altar e da cruz, o povo cristão fica vigilante junto à cruz do Senhor e da Virgem da Soledade.
O grande Sábado Santo, é um dia de serena esperança e preparação orante para a ressurreição. Os cristãos dos primeiros séculos jejuavam neste dia como em sexta feira santa, era o tempo em que o esposo os tinha deixado (Mt. 2, 19).
O Ofício Divino é rezado perante o altar desnudado, presidido pela cruz e tem um acento de meditação e repouso. A piedade cristã ora perante a imagem da Virgem das Dores, «ela no grande Sábado, recolheu a fé de toda a Igreja… só ela entre todos os discípulos esperou vigilante a ressurreição do Senhor». (Missa da Virgem Maria).
A Vigília Pascal é uma vasta celebração da Palavra de Deus que continua com o baptismo e continua com a Eucaristia. Os símbolos são abundantes e de uma grande riqueza espiritual – o ritual do fogo e da luz que evoca a ressurreição de Jesus e a marcha de Israel no deserto guiado pela coluna de fogo; a liturgia da Palavra com Salmo e oração, percorrendo as etapas da história da salvação; a liturgia da iniciação cristã que incorpora novos filhos na Igreja; a renovação das promessas do baptismo e aspersão com a água benta que recorda a água do nosso baptismo; por fim a eucaristia que proclama a ressurreição do Senhor, esperando a sua última vinda (1 Cor. 11, 26).
A liturgia convoca de novo os fiéis para o «dia que fez o Senhor» na missa do dia. A piedade cristã realiza a procissão de Cristo ressuscitado, ornamentando as estradas, estalando foguetes, tocando sinos e ao som da música entoa o «Regina coeli» à mãe de Jesus. O Aleluia, que fora suprimido na Quaresma, aparece repetidas vezes em sinal de alegria e vitória, de forma que o Aleluia pascal se tornou a aclamação própria do mistério pascal.
A magnífica liturgia pascal põe em relevo uma nota escatológica que indica a meta para onde nos dirigimos seguindo Cristo e que São Paulo apresenta na carta aos Coríntios: «Sempre que comemos deste pão e bebemos deste cálice, anunciamos a tua morte Senhor, até que venhas» (1Cor. 11, 26).
† Teodoro de Faria, Bispo emérito do Funchal

terça-feira, 29 de março de 2011

Morre Pe. Comblin


Morre padre Belga José Comblin, da Teologia da Libertação

Religioso foi perseguido pelo regime militar brasileiro, chegando a exilar-se no Chile

27 de março de 2011 | 12h 18

José Maria Mayrink, de O Estado de S. Paulo
Morreu hoje cedo na cidade de Simões Filho, interior da Bahia, o padre belga José Comblin, 88 anos, um dos mais importantes e polêmicos teóricos da Teologia da Libertação, e autor de vários livros, entre os quais A Teologia da Enxada, sobre a vivência cristã e teológica nas comunidades rurais.
Padre Comblin estava dando um curso para comunidades de base em Simões Filho. Foi encontrado morto, sentado, em seu quarto, quando era esperado para a oração da manhã e não apareceu na capela. Ele tinha problemas cardíacos e usava marcapasso. Apesar da doença, parecia bem disposto e estava trabalhando.
Nascido em Bruxelas, em 22 de março de 1923, padre Comblin veio para o Brasil em 1958, atendendo a apelo do papa Pio XII, que no documento Fidei donum (O Dom da Fé) pedia missionários voluntários para regiões com falta de sacerdotes.
Depois de trabalhar em Campinas e, em seguida, passar uma temporada no Chile, foi para Pernambuco, em 1964, quando d. Helder Câmara foi nomeado arcebispo de Olinda e Recife. Perseguido pelo regime militar, foi detido e deportado, em 1972, ao desembarcar no aeroporto de volta de uma viagem à Europa.
Padre Comblin trabalhou posteriormente com d. José Maria Pires, então arcebispo de João Pessoa. Desde o ano passado, morava na cidade de Barra, na Bahia, com o bispo da diocese, d. Luiz Cappio, conhecido nacional e internacionalmente por feito greve de fome em protesto contra as obras de transposição do Rio São Francisco.
De acordo com vontade manifestada aos amigos, padre Comblin será sepultado no Santuário do Padre Ibiapina, no municio de Solânea. Segundo o reitor do santuário, padre José Floren, o teólogo visitou Solânea há uma semana e plantou uma muda de pau-brasil junto à igreja, dizendo que seria uma árvore para fazer sombra no seu túmulo.
 

Paz e Bem!!!

José Luiz Possato Jr.
São Leopoldo-RS
Tel: (51) 8105-3505
http://osperegrinos.blogspot.com/